Foto: Divulgação WhatsApp

Após vários dias investigando, a polícia civil prendeu um homem acusado de cometer crime de pedofilia na cidade de Caetité, a 45Km de Guanambi, o indivíduo identificado por Gilmar Silva Porto, 35 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira (7), na rua Laudelino Alves, bairro Pedro Cruz, na referida cidade, a prisão ocorreu em cumprimento de um mandado de busca e apreensão, após a polícia receber denúncia de um homem, residente na cidade de Taquara, no Rio Grande do Sul, o qual relatava que o sobrinho de 14 anos teria sido vítima do “Pastor”.

Segundo informações da polícia, o pastor da Igreja Congregação Cristã Apostólica utilizava perfis de redes sociais e aplicativos, para trocar mensagens e fotos com as vítimas, os quais são adolescentes de 13 a 17 anos. Há 40 dias ele estava sendo investigado pela Polícia Civil. Após ser preso, o acusado relatou que tudo foi feito devido ele está “Possuído pelo Demônio”.

Na residência foram encontrados, um veículo Fiat Palio, computadores, pen drives e cartões de memória contendo fotos e vídeos de meninos nus. Gilmar e todo material apreendido foram encaminhados a Delegacia de Caetité, para adoção das medidas necessárias.

A divulgação de imagens eróticas de crianças e adolescentes são consideradas crime pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e pena é de até seis anos de prisão.

 

As informações são do portal Sudoeste Bahia.

 

Da Redação: Rafa Nunes