Um funcionário, responsável pelo atendimento do “Hotel do Bel”, localizado em frente ao Terminal Rodoviário de Guanambi compareceu à delegacia de polícia, queixando que por volta das 21h00min da quinta – feira (7) foi surpreendido no seu local de trabalho, por um indivíduo, branco, forte, possuindo várias tatuagens, inclusive no rosto, que simulou sacar uma arma de fogo na companhia de uma mulher, morena, baixa, trajando short curto e blusa azul, que renderam o comunicante, dizendo: “passa tudo que tem ai”, sendo entregue pela vítima a quantia de R$ 340,00 (trezentos e quarenta reais) em espécie. Em seguida, eles fugiram a pé tranquilamente como se nada tivesse acontecido.