Celular carrega 10 vezes mais bactérias que um banheiro

0
960

Redação 96 FM/ Jara Pimentel

Muitas pessoas passaram a fazer o uso do celular como um item obrigatório, em qualquer ocasião se tornou indispensável. Não se desprendem do aparelho nem para comer ou ir para o banheiro.

O que a maioria não sabe é o quão sujo pode ser um celular.  Segundo a revista Time, uma pesquisa realizada pela Deloitte revelou que os americanos mexem em seus smartphones cerca de 47 vezes por dia, oferecendo muitas oportunidades para que os micro-organismos saiam dos dedos e instalem-se no aparelho.

Um outro dado assustador sobre o assunto foi revelado por cientistas do Arizona. Eles descobriram que os celulares carregam 10 vezes mais bactérias do que a maioria dos assentos de banheiro.

Se uma pessoa estiver com alguma doença infecciosa, ou seja uma gripe ou um resfriado, e tossir na mão antes de mexer no celular ou tocar no telefone de um colega, o vírus pode se espalhar rapidamente, contaminando diversos indivíduos.

De acordo com a biomédica Wanessa Antunes, hoje em dia o celular é um meio de comunicação mais comum “o aparelho celular  está presente nos diferentes espaços e ambientes dos quais as pessoas convivem, passando desde o carro, bolsos, restaurantes e até banheiros. E mesmo quando as pessoas não levam para esses lugares em um momento vão entrar em contato com o celular com as mão contaminadas possivelmente com fungos e bactérias”, mencionou.

Ela ainda completa informando soluções de higienização, “um meio que os pesquisadores citam para diminuir infecções e melhorar a higienização dos aparelhos é o uso do álcool 70%, pois é uma concertação que consegue eliminar os micro-organismos. O ideal é fazer a higienização da mão previamente ao encostar em seu celular, principalmente quando sai de um ambiente como o banheiro ou hospitais. E procurar fazer a limpeza do celular duas vezes ao dia com o álcool 70%”, afirmou.

Depois de todas as informações não existem desculpas para não tomar cuidado com a higiene do seu celular, uma boa alternativa é começar a deixar seu aparelho bem longe do banheiro.