O Detran de Goiás lançou nesta terça-feira (10) a CNH Digital, versão mobile do documento que estará disponível em um aplicativo para celular. O estado será o primeiro a utilizar a Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica, que tem o mesmo valor da original, de papel, e pode ser verificada por autoridades ou órgãos públicos mesmo sem estar acompanhada da versão de papel.

Tudo funciona a partir de QR Code ou certificado digital, com o documento ficando protegido por uma senha, que deverá ser inserida toda vez que o usuário precisar acessá-la.

A leitura fica por conta das autoridades policiais, enquanto o cadastro para obtenção da versão digital da habilitação deve ser feito pelos condutores no portal de serviços do Denatran, o Departamento Nacional de Trânsito.

Com tudo certo, o usuário vai receber um link por e-mail, com o qual deve realizar o login no aplicativo. Esse processo deve ser feito já no celular que vai hospedar o documento eletrônico, pois é nele que será cadastrada a senha de quatro dígitos que dá acesso posterior à carteira de habilitação digital.

O Denatran diz que a cobrança de possíveis taxas para emissão da CNH digital ficará a cargo dos Departamentos Estaduais de Trânsito (Detrans). São eles que determinam atualmente os valores das taxas da CNH impressa, que variam de estado para estado.

Em Goiás, foi determinado que, até o fim deste ano, o documento virtual será gratuito para quem já tem a CNH impressa com QR-Code. A partir do ano que vem, serão cobrados R$ 10 pela versão virtual no estado.

 

Foto reprodução