Um adolescente foi raptado na madrugada deste domingo (16) na Vila Canária em Salvador. Ele voltava de um evento com cerca de dez colegas quando homens encapuzados em um veículo Volkswagen/Voyage, cor preta abordou o grupo e raptou um dos jovens de nome João Gabriel Soares de Oliveira (16). A família desesperada procurou a polícia, fez apelos e, o pai do adolescente chegou a fazer um desabafo: “Mesmo separado da mãe dele, eu sempre conversava com ele…, quando tinha 13, 14 anos. Cansei de dar conselhos, mas passou a andar com quem não presta e mudar o comportamento” disse o pai.

Desfecho

Por volta das 11:50 o corpo do jovem foi encontrado no bairro Castelo Branco com sinais de execução. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está investigando o caso. Ainda não há informações sobre o que pode ter motivado o rapto e a execução do rapaz. Os jovens que estavam com o rapaz no momento do rapto afirmaram que os homens chegaram dizendo que eram policiais. Pessoas que o conheciam afirmaram que ele não era envolvido com o crime, mas que recentemente foi apreendido, supostamente, de forma injusta.

A mãe do rapaz encontra-se completamente desesperada e tomando remédios para se controlar, mas o desespero tomou conta assim que chegou a informação que o corpo havia sido encontrado.