Deputado Federal Alexandre Frota pode ser preso por divida de pensão alimentícia

Alexandre Frota recém-eleito deputado federal (PSL) SP.

0
1168

Redação 96 FM

A Justiça de Brasília acolheu o pedido de protesto feito pelos representantes de Mayã Frota contra o pai, Alexandre Frota, e negativou o nome do recém-eleito deputado federal (PSL) por São Paulo. Com isso, Frota não pode utilizar financiamentos ou fazer compras por meio de crediários.

A decisão da 4ª Vara de Família de Brasília foi dada no âmbito do processo que Mayã move contra Frota por dívida de pensão alimentícia. Segundo o jornal Extra, o pedido de prisão do ex-ator será feito na próxima segunda-feira (15).

No último dia 10, o deputado pagou parte da pensão , cuja dívida agora é de R$ 42.418,39, e propôs um acordo. No entanto, os advogados de Mayã rejeitaram que ele parcelasse o débito e tampouco que depositasse em juízo. Um pedido de prisão já havia tramitado no fim de setembro. No entanto, a lei eleitoral determina que candidatos não podem ser detidos num prazo de 15 dias. O prazo, no entanto, já passou.

Fonte: Bahia Notícia