A justiça como sempre faz-se morosa e permite que situações embaraçosas ocorram e causam prejuízos à democracia. Nas eleições municipais do último domingo (02) pelo menos 12 municípios tiveram os votos de candidatos eleitos zerados pela justiça. Mesmo com esses candidatos “pendurados” a justiça permitiu que fizessem campanha e até se elegessem.

Os municípios que tiveram esse tipos de problema foram os seguintes: Camumu, Correntina, Iramaia, Iraquera, Itabuna, Jeremoabo, Lençóis, Rio de Contas, Santa Cruz da Vitória, Sapeaçu, Sítio do Mato e Uruçuca. Até que seja decidido o que se reflete é a incerteza de quem seja realmente o prefeito ou prefeita.

Em algumas situações a justiça eleitoral deverá convocar novas eleições para decidir quem irá ficar à frente do governo.