Eleições 2018: Michel Temer desiste de reeleição e MDB anuncia Meirelles ao Planalto

0
32436

O presidente Michel Temer anunciou nesta terça-feira (22) que desistiu de concorrer à reeleição. O emedebista indicou Henrique Meirelles, seu ex-ministro da Fazenda, como o nome do governo e de seu partido na disputa ao Palácio do Planalto.

Foto: Divulgação Redes Sociais

“Ficarei orgulhosíssimo se um dia, no plano pessoal e institucional, se um dia o Meirelles for proclamado pelo voto popular presidente da República Federativa do Brasil”.

O anúncio desta terça pôs fim à indefinição sobre quem encabeçaria a chapa emedebista, uma vez que, além de Meirelles, Temer também se posicionava como pré-candidato.

A decisão de Temer foi anunciada durante evento organizado pelo MDB para o lançamento da candidatura de Meirelles. Além do presidente, a cerimônia, denominada de “Encontro com o Futuro”, contou com a presença de diversos caciques do partido.

Após ser apresentado como candidato, Henrique Meirelles afirmou que o país não suporta mais políticas populistas e garantiu que sob seu comando o Brasil continuará crescendo.

“Nós temos que dar uma direção para o país a partir de 2019. O Brasil já se cansou de aventura, o Brasil já se cansou de política populista. Portanto, o caminho está claro. Eu estou profundamente honrado, profundamente motivado a ser o candidato do MDB a presidente e temos certeza de que teremos um crescimento gradual, mas absolutamente inexorável”.

Caso a candidatura de Meirelles seja confirmada e registrada no TSE, essa será a primeira vez, desde 1994, que o MDB terá candidato próprio ao Palácio do Planalto. A última tentativa, há mais de 20 anos, foi encabeçada por Orestes Quércia, ex-governador de São Paulo.

 

 

 Da Redação: Rafa Nunes

Reportagem: Tácido Rodrigues/João Paulo Machado