Em seu depoimento nesta quarta-feira (10) ao juiz Sérgio Moro em Curitiba no Paraná o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (71) se contradisse ao afirmar inicialmente que o ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores João Vaccari Netto não possuía ligação com o ex- diretor de serviços da Petrobras Renato Duque e, depois, afirmar que pediu a Vaccari para intermediar um encontro seu com Duque.

No depoimento o ex-presidente Lula chegou a acusar sua ex-mulher de ter escolhido o apartamento e que a visita de sua falecida esposa teria sido sem seu conhecimento. Ele afirmou que ela comprou o apartamento sem que ele soubesse e, por isso estava em nome dela.

O ex-presidente falou ainda a respeito de como eram indicados os diretos da Petrobras e não conseguiu responder sobre quem dava a última palavra.