Redação 96 FM

As estradas federais da Bahia em comparação com ano passado caiu a qualidade. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), divulgou na quarta-feira (10),  o Índice de Condição da Manutenção (ICM). De a cordo com a divulgação enquanto 82% da malha estava em estado bom em 2017, essa porcentagem caiu para 71% este ano.

Em comparação ao percentual das vias em péssimo estado, a porcentagem cresceu de 1% para 8%. As malhas classificadas como “ruim” cresceram de 4% para 6%. No ano passado,  13% das estradas estavam em condição regular, agora o número subiu para 15%.

Quando a comparação é feita com outros oito estados do Nordeste, a Bahia está ocupando a 6ª posição em relação às estradas em condição boa. O estado fica atrás da Paraíba (79%), Alagoas e Pernambuco (76%), Piauí (75%) e Ceará (73%). Sergipe foi o estado com pior avaliação, 45% das estradas consideradas “boas”.

Fonte: Bahia Notícias