Estamos com apenas 17 dias de 2017 e até o último dia 15 contabilizávamos 100 mortes em Salvador e Região Metropolitana, causadas por assassinato. Hoje este número já se elevou e demonstra a triste realidade da falta de segurança pública. Esta média parcial de 2017 já ultrapassa todos os anos anteriores, que, aliás, tem só aumentado.

A vítima de número 100 foi identificada como Jaguaraci Sebastião de Jesus Cruz (48) que foi assassinado em Monte Gordo, distrito de Camaçari. O mesmo foi executado com diversos tiros na porta de sua residência. A Secretaria de Segurança Pública do Estado nem se manifestou sobre esses números elevados e, pelo que as estatísticas indicam o mapa da violência segue na capital com a mesma intensidade do interior.

A onda de violência pelo interior do estado também assusta diversas pessoas e tem sido motivo de preocupação para os gestores municipais, que, aliás, alegam não poder fazerem nada diante da omissão do estado.