Foi anunciado pelo presidente Michel Temer nesta quarta-feira (05) um pacote de medidas econômicas que objetivam subsidiar de várias maneiras, sobretudo, financeira, pequenas empresas no país. Com a crise financeira e política que se arrasta nos últimos três anos no país muitas pessoas começaram a empreender, haja vista, que uma maioria ficou desempregado e não conseguiu voltar ao mercado de trabalho.

Entre as medidas o presidente anunciou diminuição nas taxas de exportação, juros mais baixos, facilidades com a criação do Operador Logístico que atuará como uma espécie de representante exterior das empresas no que se refere a exportação.

Os financiamentos para compra de máquinas e investimentos nas empresas, segundo Temer, chegarão a R$ 30 bilhões de reais. Deste valor R$ 10 bilhões virá do Banco do Brasil, R$ 10 bilhões da Caixa Econômica Federal e demais instituições. Os bancos deverão reduzir em até 30% as taxas para facilitar a vida dos empreendedores.