Depois de 120 minutos empatados em 0 a 0, sendo todo o segundo tempo e as etapas da prorrogação com um jogador a mais, o Grêmio conquistou a Recopa no sofrimento. Nas cobranças de pênalti, o Tricolor foi campeão em uma nova taça internacional.

Destaque para Marcelo Grohe. que defendeu a cobrança decisiva do adversário e deu ao clube gaúcho o troféu da Recopa Sul-Americana.

O independente  voltou a atuar durante a maior parte do confronto com um jogador a menos. Como no duelo de ida, o empate por 1 a 1 em Avellaneda na semana passada, o auxiliar de vídeo definiu a expulsão de um argentino no primeiro tempo.

O Grêmio detém 2 títulos da Recopa  1996 \ 2018

A Recopa é uma competição oficial organizada pela Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL). Sua primeira edição ocorreu em 1989 e foi disputada até 1998, voltando à ativa desde 2003.
FICHA TÉCNICA GRÊMIO (5) 0 X 0 (4) INDEPENDIENTE

Data: 21/02/2018 (Quarta-feira)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Árbitro: Enrique Cáceres (PAR)

Auxiliares: Eduardo Cardozo e Juan Zorrilla

(Ambos paraguaios)

Renda: R$ 1.964.449,00

Público: 42.921 (total)

Cartões amarelos:  Alisson (GRE), Pedro Geromel (GRE), Paulo Miranda (GRE); Rodríguez (IND), Silva (IND), Gaibor (IND); Cartões

vermelhos: Amorebieta (IND)

 

GRÊMIO Marcelo Grohe; Léo Moura (Paulo Miranda), Pedro Geromel, Kannemann e Cortez (Lima); Maicon, Jaílson (Jael), Alisson (Maicosuel), Luan, Everton; Cícero.

Técnico: Renato Gaúcho

NDEPENDIENTE Campaña; Bustos (Jonas Gutiérrez), Alan Franco, Amorebieta e Gastón Silva; Nicolás Domingo, Rodríguez (Benítez), Gaibor, Leandro Fernández (Figal) e Maximiliano Meza; Menéndez (Romero).

Técnico: Ariel Holan

por Léo Dourado 

foto reprodução