Foto: Divulgação WhatsApp

Uma tragédia marcou o início da noite deste sábado (12) na zona rural de Guanambi, um homem morreu e outros quatro ficaram feridos após serem atacados por um exame de abelhas, o fato aconteceu por volta das 18h, na fazenda Ventura, região de Mutans, Distrito de Guanambi, a vítima foi identificada por: Sóstenes Fernandes Silveira, 53 anos, empresário e proprietário da Guamotos, ele residia em Guanambi e estava em seu sitio no referido local, quando foi surpreendido pelos insetos, com as ferroadas Sóstenes não resistiu e morreu no local, ele estava acompanhado do pai identificado por: Isaque, 88 anos, foi socorrido às pressas ao (HRG) Hospital Regional de Guanambi, a unidade hospitalar não informou o seu estado de saúde, o SAMU (192) foi acionado e esteve no local, mas o empresário já estava sem sinais vitais.

Informações extraoficiais dão conta de que mais três homens que estavam no momento do ocorrido também foram picados, estes sobreviveram ao ataque.

Segundo informações colhidas no local, a quantidade de abelhas que atacaram o pai da vítima, foram bem maiores do que as que atacaram Sostenes, o que fortalece a hipótese de que ele possivelmente tinha “Reação Alérgica Exagerada” a picadas de abelhas. O corpo do empresário foi removido pelos peritos para o (IML) Instituto de Médico Legal de Guanambi, onde passará por exame de necropsia, que apontará a principal causa da morte.

Entenda sobre “Reações Alérgicas Exagerada”:

De acordo com especialistas em toxicologia:

Os sinais e sintomas que indicam uma reação alérgica exagerada à picada de uma abelha ou vespa são:

  • Aumento da vermelhidão, coceira e inchaço no local da picada;
  • Dificuldade para respirar e para engolir a saliva;
  • Inchaço do rosto, boca ou garganta;
  • Sensação de desmaio ou tonturas.

Caso estes sintomas sejam identificados, o SAMU (192) deve ser acionado ou levar a vítima para o hospital imediatamente, porque é uma situação grave que pode colocar em risco a vida.

Da Redação: Rafa Nunes