A jovem, Cleidiane de Jesus Gomes, idade não divulgada, residente à Fazenda Malhada do Juazeiro – zona rural do município de Igaporã, sudoeste do estado, esteve na delegacia de polícia nesta terça – feira (22) para denunciar seu próprio pai de nome José Antônio Gomes, que, segundo a denunciante, na última sexta-feira (18) lhe agrediu com chutes e socos, mesmo sabendo de sua gravidez.

A jovem relatou ainda que o seu pai, totalmente descontrolado teria pegado um pedaço de lenha que estava no fogo e partido em sua direção para queimá-la. O homem teria sido impedido pelo genro, esposo da queixosa, Eraldo Carlos Pereira. Além disso, o homem lhe ofendeu moralmente com palavras racistas. O motivo das agressões físicas é devido a vítima está sentido transtorno da gravidez, tais como dor de barriga e enjoo.