Ainda repercuti no município de Jussiape, região da Chapada Diamantina, o caso da adolescente de apenas 14 anos que assassinou os pais e deixou ferida a madrasta. Os crimes ocorreram no dia 22 de agosto deste ano e comoveu toda a Bahia. A garota foi enviada ao CASE Feminino da Fundac em Salvador onde a garota será internada e submetida a medidas socioeducativas. O pedido de internação para a respectiva medida foi um pedido do delegado do caso Dr. Francisco Fogaça da 20º Coordenadoria de Polícia Civil do Interior.

Relembre o caso

A garota de 14 anos de iniciais L.A.S assassinou a própria mãe Adriana Almeida, idade não divulgada, a pedradas no dia 22 de agosto deste ano na comunidade denominada conhecida como “Paixão” município de Jussiape, região da Chapada Diamantina. Na sequência a garota foi até a casa do pai, Pedro Paulo Souza, idade não informada, e da madrasta que dormia com o mesmo Tais Novais Santos, e ateou fogo nos dois. Bastante ferido o homem não resistiu e também morreu. A madrasta embora tenha tido diversos ferimentos não ficou com sequelas físicas graves.

Familiares relataram que a garota estava enfrentando crises depressivas, mas não informaram como era o relacionamento delas com os pais.