Dirigir após ter tomado alguma coisa de álcool nunca foi um bom negócio, mas agora tornou ainda pior “negócio” literalmente. O que ocorre é que com a mudança na lei de trânsito a multa para quem for pego dirigindo sob efeito de álcool subiu de R$ 1.915,00 para R$ 2.934,70. Além de pagar esse valor exorbitante o motorista ainda amargará a suspensão da habilitação por 1 ano.

Mas esse aumento não se restringe só a Lei Seca, posto que, falar ao celular também rende multa e com significativo aumento. Atualmente a multa para quem é pego falando ao celular enquanto dirige fica em torno de R$ 85,13 mas poderá chegar a R$ 191,54.

Desde que a Lei Seca entrou em vigor no país ouve uma redução significativa no número de mortes e acidentes com sequelas graves no país. Em conversa com um especialista em segurança no trânsito, Sérgio Cardoso de Jesus, ele afirmou que o Brasil é o quarto país do mundo com maior número de mortes causadas por acidente de trânsito.

Outras medidas estão sendo estudadas pelos órgãos de trânsito no país no intuito de reduzir ainda mais os números de acidentes. A Organização das Nações Unidas (ONU) estipulou uma meta em que o país deve reduzir de 2011 a 2020 em 50% os casos de acidentes de trânsito com mortes no Brasil. “Estamos distantes, ainda, mas iremos conseguir, inclusive através de um trabalho de conscientização de nossos motoristas” afirma o especialista em trânsito.