Pelo menos quatro pessoas já teriam sido atacado por um indivíduo, até agora desconhecido, em Salvador. Nós do Minuto Bahia entramos em contato com a Secretaria de Saúde do Estado que confirmou as informações. A última vítima do suposto “maníaco” foi um soldado do Exército que não teve o nome revelado.

Segundo informações repassadas pela 1ª Delegacia dos Barris o soldado estava trafegando pela Avenida Joana Angélica quando foi atacado por um indivíduo que chegou por trás e aplicou a seringa sobre o braço da vítima. Logo após o ataque o rapaz buscou atendimento no Hospital Couto Maia.

Somente no HCM foram duas pessoas atendidas por conta dos ataques cometidos pelo homem até agora desconhecido. Todas as vítimas são submetidas a diversos tratamentos de prevenção ao vírus HIV e Hepatite B. a polícia ainda não conseguiu nenhum avanço nas investigações.

Os ataques se concentram na Cidade Baixa e o clima é de medo entre as pessoas que estão sempre passando ou moram na região. Existem outros relatos do ataque, mas que procuraram o hospital até o momento foram apenas quatro pessoas. A recomendação é que pessoas atacadas pelo este suposto maníaco procurem atendimento médico o mais rápido possível para ser realizada a profilaxia contra Aids e Hepatite B.

Este ano diversos ataques a mulheres por um maníaco que utilizava seringas ocorreu em São Paulo em meados de Junho e Julho, inclusive a polícia chegou a divulgar um retrato falado. Diversas mulheres foram vítimas do homem que até hoje nunca foi preso.