Desde às 5hs da manhã desta terça-feira (11) que o GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) deu início a terceira fase da operação denominada de “Adsumus” em Santo Amaro, região metropolitana, onde cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão. Pelo menos duas pessoas já haviam sido conduzidas pelo GAECO até às 9 horas e muitos mandados de busca e apreensão cumpridos.

A operação tem como meta desarticular o esquema de corrupção que tinha como base a contratação irregular de obras e contratação de maquinários em Santo Amaro e outras cidades onde O MP-BA acredita ter ramificações. As demais cidades onde o MP-BA está desencadeando a operação nesta manhã é Feira de Santana, Salvador, Lauro de Freitas, Camaçari, Muritiba e Ipirá.

As investigações apontam um prejuízo de aproximadamente R$ 24 milhões aos cofres públicos. Este valor é referente apenas a Santo Amaro onde o GAECO está neste momento. Esta operação começou ainda no mês de julho e chegou a prender 8 pessoas e apreendeu documentos, computadores e demais provas.