Um vídeo feito pelos detentos do presídio de Alcaluz, Rio Grande do Norte, demonstra toda a brutalidade e ousadia dos detentos de uma das facções criminosas que atuam no presídio. Os detentos aparecem fazendo churrasco com carne retirada do corpo de rivais mortos no último confronto de quinta-feira (19).

Os homens que aparecem no vídeo de ´1:10 se intitulam membros do “Sindicato do Ariane” mais uma facção ramificação do Filhos do Norte. Os mesmos afirmam que são do PV 4 – indicando serem do Pavilhão 4 do respectivo presídio e que aquelas mortes e consequentemente o churrasco foram em vingança às mortes promovidas pelo PCC em um quarto onde haviam membros da facção FDN.

VEJA O VÍDEO: