Na madrugada desta quarta-feira (18) por volta de 1: hr cerca de 10 homens fortemente armados com fuzis e metralhadoras entraram na cidade de Carinhanha, sudoeste do estado, atirando e em seguida explodiram o Banco do Brasil. Os bandidos fecharam as principais ruas de acesso ao banco e cercaram o pelotão da Polícia Militar deflagrando tiros contra uma viatura e o respectivo pelotão, impedindo, deste modo, que a polícia reagisse.

O cofre da agência foi explodido e uma quantidade de dinheiro foi levada pelos assaltantes que ao saírem da cidade pela BR 030 com destino ao município de Feira da Mata, extremo oeste do estado, levaram quatro pessoas reféns. Estes reféns foram liberados na saída da cidade. Um destes reféns, identificado pelo prenome Jean acabou pulando do veículo em que estavam os assaltantes e teve escoriações pelo corpo.

Foto| MB pessoas invadem e saqueiam banco
Foto| MB pessoas invadem e saqueiam banco

Os quatro policiais plantonistas só puderam sair cerca de 20 minutos após os assaltantes deixarem a cidade. Um pedido de reforço foi feito, mas os policiais chegaram com atraso devido os bandidos terem jogado miguelitos (pregos) na Ponte Guimarães Rosa para evitar a chegada de reforço.

Foto|MB viatura perfurada por tiros
Foto|MB viatura perfurada por tiros

Apenas um carro de cor preta foi visto dando suporte ao bando, que, aliás, demonstraram conhecer bem a região por escolher uma rota de fuga com estradas precárias.

Vândalos invadiram a agência bancária logo após a ação dos bandidos e passaram a saquear tudo o que havia no interior e que não se danificou com a explosão. Valores em dinheiro, segundo testemunhas, também foram levados por populares. Um homem reteve uma quantidade de dinamite que os ladrões haviam deixado para trás e a polícia recuperou, mas não o prendeu. O valor levado pelos bandidos não foi divulgado pelo banco