O astrônomo russso Dyomin Damir Zakharovich afirmou em entrevista a um jornal inglês que no dia 16 de fevereiro um grande asteroide, de aproximadamente um quilômetro de diâmetro, estará colidindo com a terra e causando a destruição total do planeta. A NASA confirma a existência do respectivo asteroide, mas nega que ele esteja em rota de colisão com a terra.

O choque com a terra causaria um grande tsunami que destruiria qualquer forma de vida no planeta. O astrônomo afirmou que a informação é negada pela Agência Espacial Norte-Americana (NASA) que evita o caos. O astrônomo ainda afirmou: “A trajetória do 2016WF9 é bem conhecida e o objeto não será uma ameaça à Terra pelos próximos milhares de anos”.