Uma operação da Polícia Federal e da Receita Federal deflagrada na manhã desta terça-feira (19) e denominada de “Operação For All” culminou com a condução coercitiva dos cantores Xand e Solange, ambos vocalistas da Banda “Aviões do Forró”.

A polícia investiga um esquema milionário de fraudes em sonegação de impostos à Receita Federal. Segundo as informações passadas pela comunicação da Polícia Federal foi feita a apreensão de computadores, carros de luxo de empresários e sócios da empresa A3 Entretenimento que cuida da agenda e agenciamento da banda.

A Receita Federal suspeita que o valor das fraudes contabiliza prejuízos de até R$ 500 milhões aos cofres públicos. Diversos bens que pertencem a banda foram bloqueados pela justiça. A assessoria da banda informou apenas que está colaborando com as investigações da justiça e que estará apoiando às investigações.

No final da tarde Xand e Solange foram liberados após prestarem todos os depoimentos exigidos pela justiça. Nós do Minuto Bahia tentamos contato com os advogados da A3 Entretenimento e com a assessoria de Xand e Solange, mas não obtivemos êxito nas respostas. Uma secretária da A3 Entretenimento informou ao Minuto Bahia que dentro do possível uma nota mais detalhada será divulgada na imprensa.