O ECAD (Escritório Central de Arrecadação) órgão privado que gerencia e arrecada as músicas executadas no país e, deste modo, repassa a devida parte aos compositores. Existe uma lista que é divulgada semanalmente e mensalmente das músicas mais tocadas no Brasil e isso engloba rádios, TV´s, festas, entre outros meios. De acordo análise das listas do ECAD nos últimos anos a cada mês entre as 50 músicas mais tocadas o estilo Sertanejo está em destaque.

Em 2015 a maioria das músicas tocadas em todos os segmentos, de shows a rádio, foram as sertanejas. Para se ter uma ideia desta hegemonia sertaneja somente no mês de agosto deste ano de 2016 as músicas sertanejas representaram 80% de todas as tocadas. Estes números aquecem o mercado fonográfico no estilo que, atualmente, está mais moderno e chamam de “Sertanejo Universitário”.

No momento os recordistas em direitos autorais, ou seja, que mais arrecadam, neste segmento sertanejo são os compositores: Sorocaba (dupla Fernando e Sorocaba), Brumo Caliman, Marisa Mendonça, Jorge (dupla Jorge e Matheus), Victor Chaves (dupla Victor e Léo), César Augusto, Zezé di Camargo (dupla Zezé di Camargo e Luciano), entre outros.