Foto: Agência Brasil

Nesta sexta-feira (19), Fernando Collor de Mello, do PTC, anunciou que é pré-candidato à Presidência da República em 2018. No breve discurso que fez em Arapiraca, interior de Alagoas, o atual senador disse que esse é um dos momentos dos mais importantes de sua vida pessoal e de sua vida pública. Um dos principais pontos defendidos por Collor desde que foi eleito ao Senado, em 2006, é a adoção do parlamentarismo no país. O ex-presidente foi processado no STF (Supremo Tribunal Federal), mas acabou inocentado de todas as ações. A última delas foi em 2014.

Collor já foi presidente do país entre 1990 e 1992, quando se tornou o primeiro mandatário a sofrer impeachment. No lugar dele, assumiu o vice-presidente, Itamar Franco.

 

Da Redação: Rafa Nunes

 

Reportagem: Cintia Moreira