As eleições 2016 na Bahia, sobretudo, interior do estado, estão sendo marcadas por diversas ocorrências de violência com feridos graves e mortos. Nas últimas semanas foram diversos casos registrados em diversas partes do estado. Em Filadélfia, Piemonte Norte do Itapicuru, nesta segunda-feira (26) durante evento realizado por políticos em que um som “paredão” tocava muito alto um subtenente da Policial Militar que pediu para desligarem foi agredido por um bando, que, inclusive tomaram-lhe a arma. Um dos acusados pelo ataque agressivo e hostil ao PM foi o indivíduo José Alberto Borges Júnior (24) que já está preso. A juiza eleitoral Rafaele Curvello Guedes dos Anjos, que comanda a 149ª Zona Eleitoral já havia proibido comícios, carreatas e demais manifestações após confusões frequentes entre os grupos políticos.

Foto|Reprodução acusado de Filadélfia
Foto|Reprodução acusado de Filadélfia

Em Ipiaú, sudoeste do estado, seis pessoas ficaram baleadas e um morreu durante comício da candidata Maria das Graças (PP). Um dos atiradores, responsável pela morte da vítima e mais seis feridos, foi morto em confronto com a polícia um dia após o ataque. O outro foi preso e encontra-se à disposição da autoridade policial. O mesmo confessou os crimes e afirmou que agiu em parceria com o colega morto e devido a questões políticas. Neste comício o governador Rui Costa (PT) encontrava-se presente.

Já no município de Belmonte, sul do estado, um rapaz de 19 anos morreu após ser alvejado por vários tiros durante comício. O crime ocorreu nesta noite de terça-feira (26) durante o comício da candidata à reeleição Alice Britto (PSB). A motivação segue sendo investigada pela Polícia Civil.

No município de Malhada, oeste do estado, um ônibus que seguia de um povoado denominado Julião às margens da BA161 sentido a Parateca, outro povoado do mesmo município, foi alvo de ataques de pessoas, supostamente do lado adversário, contra os passageiros utilizando pedras. Devido às fortes pedradas as janelas, portas e demais vidros do ônibus ficaram todos quebrados. Diversas pessoas ficaram feridas, sobretudo, na cabeça e tiveram de ser levadas ao hospital.

Foto|Reprodução Malhada
Foto|Reprodução Malhada

Os passageiros estavam vindo de uma reunião no povoado de Julião promovido pelo candidato Valdemar Lacerda Filho – Dezin (PMDB) quando foram surpreendidos por militantes do atual gestor que busca a reeleição Dr. Gimmy Everton (PT). O ex-secretário de agricultura do município José Castor, que agora está com Dezin, também foi agredido por duas vezes por militantes petistas nestas eleições.

Diversas medidas estão sendo tomadas pelos juízes eleitorais para evitar que casos como os relacionados acima voltem a ocorrer nestes momentos finais da disputa pelo poder! A consciência do voto é algo peculiar de cada um, mas sempre vote no que mais te aproxima da verdade.