Está previsto para ser votado ainda este ano o Projeto de Reforma Política que está pelos corredores e gabinetes do Congresso Nacional em que entre outras propostas reduz o número de partidos. Na proposta aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) fica estabelecido a redução de partidos e que os fundos partidários só sejam repassados a partidos com determinado número mínimo de votos.

Para atuar no congresso é exigido que o partido tenha pelo menos 2% dos votos válidos em todo o país, conseguir 2% dos votos válidos em pelo menos 14 unidades da federação, entre outros. A PEC (Proposta de Emenda à Constituição) também busca o fim das coligações. Se aprovado até o final de 2016 como prevê e busca o governo nas eleições de 2018 já será possível aplicar essas reformas.