A mudança definitiva da TV analógica para o sinal digital levou algumas semanas ou meses a mais que o esperado em algumas regiões do Brasil. O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações publicou uma portaria que autoriza novas datas para a transição nas regiões metropolitanas de Salvador, Fortaleza, Belo Horizonte e as cidades do interior de São Paulo.

Imagem Ilustrativa

Com a mudança do cronograma de desligamento da TV analógica, Salvador e suas cidades vizinhas além de Fortaleza (e as regiões de Juazeiro do Norte e Sobral), farão a mudança definitiva para o sinal digital nesta quarta-feira (27) de setembro. Em seguida, Belo Horizonte e região farão a mudança em 8 de novembro. As cidades do interior de São Paulo, que antes tinham a previsão de desligamento em (27) de setembro, desligarão o sinal analógico em 29 de novembro.

Para assistir à TV digital, é necessário ter antena e televisão compatíveis. É importante verificar se sua casa já está preparada com os aparelhos que você já tem ou se será necessário providenciar mudanças para continuar assistindo aos canais abertos. De acordo com a Seja Digital, entidade responsável por realizar a mudança, nem toda antena consegue captar o sinal digital. O equipamento deve ser UHF e, de preferência, externo, instalado no telhado de casa.

Já o televisor tem duas saídas possíveis: se for um aparelho de tubo, será necessário instalar um conversor de sinal. O mesmo vale para os televisores de tela fina que não tiverem um conversor embutido. Por outro lado, os aparelhos mais recentes que tiverem o conversor, não precisam de um equipamento complementar. Para verificar se o aparelho pode ou não receber o sinal, vale a pena consultar o manual do fabricante.

Por: Rafa Nunes

Fonte:Tecnologia – IG