Na manhã desta segunda-feira (19) o Diário Oficial da União publicou decretos que reconhece estado de emergência em oito municípios baianos. Com estas 08 sobe para 93 o número de cidades em estado de emergência na Bahia por conta da estiagem prolongada. A seca ou a estiagem prolongada atingem importantes cidades que sobrevivem, sobretudo, da agricultura familiar.

As novas cidades que estão em estado de emergência são as seguintes: Barro Alto, Caem, Itatim, Tanhaçu, Baianópolis, Luís Eduardo Magalhães, Bom Jesus da Lapa e Muquém do São Francisco. Segundo dados colhidos pela nossa redação o número de habitantes afetados pela seca ultrapassa 1,5 milhão de pessoas.

Operações através de carros-pipa estão sendo realizadas no interior, porém, nossa equipe entrevistou moradores destas respectivas cidades que apresentaram uma queixa muito comum entre eles – a água ajuda nos afazeres domésticos, mas é insuficiente para os animais e plantação. Deste modo, a falta de alimentos e água para os animais acabam se tornando sérios problemas que acarretam necessidades urgentes.