O Senador Otto Alencar (PSD) discursou no Senado na última terça-feira (04) e afirmou que o prefeito eleito de Simões Filho – Diógenes Tolentino de Oliveira – Dinha (PMDB) de ter financiado sua campanha para prefeito com dinheiro de traficantes e caixa 2.

Em sua fala o Senador afirma que “(…) viu, com meus olhos, com clareza, a interferência direta do financiamento de algumas campanhas políticas, inclusive, em um município da Região Metropolitana de Salvador, Simões Filho, o chefe do tráfico de drogas ao lado do prefeito vencedor, financiando a campanha através do caixa dois, através da agiotagem e através da contravenção”, denunciou.

O prefeito eleito Dinho se manifestou dizendo que a denúncia de Otto é “choro de perdedor” e que ele derrotou o irmão de Otto em Simões Filho – Eduardo Alencar (PSD). Quanto as denúncias ele não comentou e não explicou se tem ou não ligação com pessoas do tráfico de drogas, sobretudo, o chefe.