Para milhares de fãs das vaquejadas, praticantes e admiradores do esporte, o Supremo Tribunal Federal decidiu torná-la uma prática ilegal e de maus tratos a animais. Desta maneira, a vaquejada passa a ser proibida. O STF julgou inconstitucional, inclusive, a Lei 15.299/2013 do estado do Ceará que regulamentava a prática considerada até então esportiva.

Com a decisão tomada na noite desta quinta-feira (06) torna-se totalmente ilegal no país a prática de espetáculos de vaquejada. Inicialmente a Procuradoria – Geral da República (PGR) buscava o questionamento da lei promulgada no estado do Ceará especificamente. Todavia, a decisão do Supremo se estende para todos os estados e Distrito Federal.

A vaquejada é uma prática cultural do homem nordestino e que, atualmente, move milhões de reais em eventos, comercialização de produtos e animais específicos para a prática. A Bahia possui uma das mais famosas vaquejadas do país que ocorre em Serrinha, nordeste do estado. O voto de desempate foi da Ministra Carmen Lúcia, que em suas palavras reconheceu que a vaquejada é uma prática cultural, mas que acaba maltratando os animais.