Tentativa de acordo de paz com as Farc rende Nobel da Paz a presidente da Colômbia

0
1780

Na madrugada desta sexta-feira (06) enquanto dormia a maioria dos colombianos era anunciado em Oslo – capital da Noruega, que o Prêmio Nobel da Paz deste ano seria para o presidente colombiano Juan Manuel Santos. A indicação surgiu da tentativa de negociação de paz com as Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia). Embora o prêmio tenha sido destinado apenas ao presidente da Colômbia outros nomes como Rodrigo Timochenko e o próprio líder das Farc Londoño estavam engajados no acordo.

No último domingo (02) um referendo no país derrotou o SIM pela paz, mas mesmo com a derrota o presidente conseguiu a indicação e o prêmio que vem com uma recompensa financeira de R$ 3 milhões. A busca pelo acordo de paz encerraria uma guerra que já tem mais de 52 anos de conflitos e muito sangue derramado.

A maioria dos países consideram a Farc como um movimento terrorista e de traficantes, que, aliás, são os maiores fornecedores de cocaína do mundo. As negociações permanecem em pauta e mesmo com a tentativa nenhuma certeza foi vista no horizonte colombiano.