O carioca Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim, ou simplesmente Tom Jobim, permanece vivo sendo uma das figuras mais presentes no DNA da Música Popular Brasileira – mesmo tendo nos deixado em 1994 aos 67 anos. O mais completo dos maestros, cantores e compositores deste país faria nesta quarta-feira (25) seus 90 anos.

As águas de março não levaram consigo a memória deste grande brasileiro que contribuiu para a genuína música brasileira. Através de sua música, arranjos, maestria e leitura da alma brasileira Tom conseguia fazer com que ouvíssemos uma de suas canções ouvindo na alma o cantar do canarinho, o cheiro de Paris e o frescor dos campos brasileiros.