Nesta manhã de quinta-feira (11) o delegado de Polícia Civil Nilo Ebrahim Ribeiro foi preso por policiais da Corregedoria da Polícia Civil que ainda estão em diligência em Guanambi. Segundo informações, mais dois servidores da Polícia Civil foram presos pelos policiais que iniciaram a operação no início da manhã.

Um dos servidores da Polícia Civil preso na operação estava de plantão no presídio de Guanambi e foi identificado pelo prenome Jeremias. O outro conduzido pelos homens da Força Tarefa da Corregedoria não teve o nome divulgado. Um terceiro individuo identificado como Cleiton, que, também, tem mandado de prisão expedido contra ele não foi encontrado e a polícia segue à procura do mesmo. Nesta manhã os policiais e delegado da corregedoria chegou a ir em Carinhanha a procura de Cleiton, mas não o localizou.

Enquanto esteve no município de Carinhanha o delegado Nilo Ebrahim e os demais homens presos foram acusados de abuso de autoridade.