Por Romilson Rodrigues

O diretor da casa de apoio ‘’Obras  Sociais Dionísio Vilas Boas’’, Roberto Sobrinho, em entrevista ao programa 96 Notícias, trouxe informações sobre o  rapaz de pré-nome  Adriel,  que vivia em situação de rua e vinha nos últimos meses tendo comportamento agressivo com as pessoas. Na oportunidade, Roberto afirmou que o rapaz foi acolhido pela instituição e vem recebendo total assistência através de uma equipe multidisciplinar que conta com uma Psicóloga , Assistente Social, Psicopedagóga e nutricionista. 

A Comunidade Terapêutica Esperança, como é mais conhecida atua na região há mais de 15  anos, a princípio de forma ambulatorial e nos últimos 5 anos, através de acolhimento, 24 horas desenvolvendo ações de reabilitação a pessoas que sofrem com dependência de substâncias psicoativas ( Álcool ou qualquer espécie de drogas) em situação de rua ou enfermidade. Todo trabalho é feito de maneira voluntária sem fins lucrativos. O diretor ressaltou que, apesar de contar com uma estrutura física com condições de receber até 25 pessoas, o projeto carece de apoio para conclusão total da obra. 

" Vamos entregar esse projeto à Secretaria de Saúde, para buscar o apoio necessário para construção da ala feminina" afirmou Roberto. 

O diretor disponibilizou um número de telefone para doações. 

Contato:

77 9 9118 5329 ou 9 9816 4563